FICHA DE INSCRIÇÃO – 31º CURSO DE VERÃO
D
e 09 a 17 de Janeiro de 2018


Nome (completo)

Digite seu nome
Apelido para o crachá
E-mail

Digite seu e-mail Formato de e-mail inválido
CPF Número

Digite o CPF
RG
Telefone
Digite seu DDD Digite os 2 números do seu DDD Digite os 2 números do seu DDD Digite os 2 números do seu DDD
Digite seu telefone Formato inválido, digite seu telefone como no exemplo: 78872332
Telefone(celular)
Endereço

Digite seu endereço
Bairro

Digite seu bairro
CEP

Digite seu CEP
Cidade

Digite sua cidade
Estado

Digite seu estado
País
Sexo
Data de nascimento

formato dia/mês/ano)
Estado civil
Já participou do Curso de Verão?
Sim Não
Outros dados
Grau de escolaridade
Profissão
Religião
Igreja
Vínculo Religioso
Se for vir em um grupo, especifique qual.

Por favor especifique o nome do grupo e nome do coordenador com telefone
Participações
Atividades na Comunidade

Atividades Pastorais, Movimentos ou Comunidades e suas responsabilidades nestas atividades
Onde se hospedará DURANTE O CURSO?
Preciso de hospedagem Próprio endereço
Parente/amigo/casa religiosa
Alimentação
Ticket-Refeição / restaurante PUC
Eu providenciarei minha própria refeição

TENDAS

ATENÇÃO!!!
- Escolha apenas 3 tendas: enumere de 1 a 3 conforme a sua preferencia.
- Não coloque números repetidos, senão será invalida sua escolha.
- Não marque as tendas que não estão na sua preferência, deixe com (0).

Arte e Educação Popular

Vivência e aprendizado em arte e educação popular, com a utilização de diversas linguagens: visuais, cênicas, expressões corporais, psicodrama educacional, esculturas etc.
Arte e Espiritualidade do cotidiano

Vivência de arte e beleza na espiritualidade do cotidiano, em um processo de superação da dicotomia entre o sagrado e o profano, utilizando-se da pintura como forma de expressão.
Arte e militância em diálogos

Reflexão e vivência de manifestações e expressões culturais artísticas como chaves para redimensionar a escuta engajada nas pastorais e movimentos sociais.
Arpilleras: mãos que tecem, vozes que clamam

Vivência da arte com agulhas e linhas ao modo das arpilleras, como forma de denunciar injustiças e violências, bordando a resistência, clamando pela paz.
Celebração popular

Vivência e partilha da dimensão celebrativa do cotidiano, por meio da reflexão sobre o diálogo inter-religioso, o ecumenismo e educação popular.
Danças Circulares

Vivência da dança, de modo circular, como linguagem de arte e celebração popular.
Dança Criativa

Vivência de dança e da expressão corporal, construindo uma nova experiência de movimentos a partir da cultura corporal dos participantes.
Diálogos Ecumênicos e Inter-religiosos

Reflexão coletiva sobre o sentido do ecumenismo e do diálogo inter-religioso em suas diversas linguagens e vivência da espiritualidade popular através das experiências e manifestações místicas dos próprios cursistas.
Juventude e direitos

Reflexão sobre a fase juvenil da vida, em sua diversidade contemporânea, como gênero e raça, relacionando-a com seus direitos a Políticas Públicas. Vivência de técnicas corporais.
Leitura crítica da linguagem áudio visual

Olhar crítico sobre a diversidade de mensagens presentes nos meios de comunicação (filmes, novelas, jornais, publicidade, memes, tutoriais, etc) e sua utilização nos meios pastorais e populares.
Liderança e grupos populares

Reflexão sobre o papel das lideranças populares, a partir das experiências e partilha dos cursistas e tendo como base a pedagogia de Paulo Freire.
Metodologia de trabalho com grupos populares

Espaço de experiência sobre metodologias de atuação em grupos populares, visando a integração entre a reflexão e a prática, como suporte a uma militância crítica e comprometida com a transformação social e a emancipação humana.
Música

Vivência da arte musical através do canto coral, partilhando elementos técnicos que auxiliem o cantar na comunidade.
Retalhos da história do povo negro

Memória dos “retalhos das histórias” dos afro-brasileiros e de seus ancestrais, com motivação e encantamento para a resistência em tempos de retirada de direitos.
Rodas Culturais Brincantes e Jogos Cooperativos

Espaço de criação e reflexão onde se compartilham narrativas, canções africanas e indígenas, danças circulares brincantes e modos pedagógicos de atuar na perspectiva étnico-racial.
Poesia em movimento

Leitura e criação de textos poéticos para aprofundamento teórico e motivação do olhar crítico e reflexivo na atuação em pastorais e movimentos sociais.